controle de acesso via qr code blog
$ s

Controle de acesso via QR Code: como funciona nos condomínios?

A tecnologia vem trazendo muitas inovações para a área de segurança condominial. O controle de acesso via QR Code é um dos recursos que vêm sendo adotados pelos condomínios mais modernos e que buscam soluções eficientes para garantir a proteção dos moradores e de seus patrimônios.

É fato que a entrada do condomínio é o local de maior vulnerabilidade em relação à segurança. É por meio da porta da frente que 90% das invasões a condomínios acontecem. Sendo assim, é mais do que necessário contar com recursos que reforcem a segurança no controle de acesso.

No caso do controle de acesso via QR Code, o acesso de um desconhecido por causa de chaves roubadas, por exemplo, deixa de existir. Isso porque, a tecnologia gera códigos personalizados para cada morador por meio de aplicativo exclusivo. Portanto, a solução dificulta o acesso de estranhos ao prédio.

Quer saber mais sobre como esse recurso funciona e como ele pode ser útil para garantir a segurança no seu condomínio? Neste artigo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre o controle de acesso via QR Code antes de adotar essa tecnologia. Continue a leitura e fique por dentro!

Como funciona o controle de acesso via QR Code?

O QR Code vem sendo utilizado para inúmeras funcionalidades. Ganhou popularidade com as lives no início da pandemia, possibilitando que os espectadores fizessem doações, tendo acesso às informações de como participar apenas ao apontar a câmera do smartphone para a tela da TV. 

A mesma tecnologia é aplicada ao controle de acesso a condomínios, substituindo as chaves e facilitando a entrada e a saída de moradores, visitantes e funcionários.

Saiba como o controle de acesso via QR Code funciona:

  1. Por meio de um aplicativo exclusivo, é gerado um QR Code de acesso;
  2. Toda vez que o morador precisa entrar ou sair do condomínio, ele entra no aplicativo e gera um QR Code;
  3. O morador aproxima o código no leitor e a abertura do portão é automaticamente acionada.

Para o acesso de visitantes e prestadores de serviço, também é possível que o morador gere um QR Code temporário pelo aplicativo e envie por WhatsApp ou SMS. Nesse código estão contidas as informações da visita: data e hora previstas de chegada, período em que permanecerá no condomínio, dados do veículo etc.

Então, a pessoa apresenta esse código, que é lido pelo totem instalado na entrada principal e/ou dos blocos do condomínio, agilizando o acesso e melhorando a eficiência do controle. Caso o visitante chegue em um dia ou horário diferente do que esteja registrado no código, a entrada não é liberada, garantindo a segurança do procedimento.

Também é possível incluir um prestador de serviço frequente, como uma diarista ou jardineiro, por exemplo, em acessos  permanentes. Assim, pode-se evitar o trabalho de ter que informar os dados à portaria sempre que precisar liberar a entrada deles no condomínio.

Como o controle de acesso via QR Code pode ser otimizado?

Além de ter um sistema de controle de acesso via QR Code, para que a segurança do condomínio seja ampliada, outros recursos podem fazer a diferença.

O serviço de portaria remota, por exemplo, é uma solução que pode agregar, possibilitando um controle de acesso ainda mais eficiente para o condomínio.

Com esse modelo de portaria, os profissionais não ficam alocados no condomínio. O trabalho é realizado a distância, em uma central de monitoramento externa. Dessa forma, há menos riscos para os porteiros, que geralmente são usados como reféns nas invasões a condomínios.

Tendo o apoio de câmeras de segurança e outros recursos tecnológicos, os porteiros podem realizar o trabalho em tempo real, sem comprometer de nenhuma forma a qualidade do serviço para o dia a dia dos moradores.

Além de ser um formato mais seguro, o condomínio ainda pode otimizar as despesas em até 50% em relação à portaria física convencional.  Isso porque, esse modelo é feito em um projeto único e exclusivo para cada condomínio, em que a contratação dos profissionais, instalação de equipamentos e treinamentos  fica sob responsabilidade da empresa de portaria remota. 

Assim, o condomínio pode focar os novos possíveis investimentos em outras melhorias, tornando o espaço mais confortável e seguro para todos.

Você tem dúvidas de como funciona o serviço de portaria remota? É preciso alterar algo na estrutura do condomínio para que seja possível contratar esse tipo de portaria? 

Produzimos um conteúdo para esclarecer essas dúvidas e te ajudar nos primeiros passos para ter portaria remota no seu condomínio. Confira:

Porter Group

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale com um consultor