As vantagens de contar com uma garantidora de crédito condominial

Entenda o que é uma garantidora de crédito condominial e quais são as vantagens de contar com esse tipo de serviço.

A inadimplência é um dos grandes problemas nos condomínios. E, dependendo da situação financeira, os serviços de uma garantidora de crédito condominial podem ser a melhor saída, liberando o síndico das dores de cabeça causadas por esse impasse.

Mas você sabe:

  • O que uma garantidora de crédito pode fazer pelo seu condomínio?
  • Qual é a contribuição desse tipo de serviço para condomínios que sofrem com a inadimplência? 
  • Será que a situação do seu condomínio exige mesmo uma solução como essa?
  • Como saber se esse é o melhor caminho para lidar com os problemas financeiros do condomínio?

As dúvidas que surgem a respeito das soluções oferecidas por uma garantidora de crédito condominial são muitas, né? É porque muitas pessoas sequer sabem que esse tipo de serviço existe. Por isso, reunimos tudo o que você precisa saber sobre uma garantidora de crédito condominial. 

Preparado? Continue a leitura e fique por dentro!

O que leva um condomínio a precisar de uma garantidora de crédito?

As despesas básicas e as contas do mês de qualquer pessoa, como água, luz, telefone e impostos, geralmente já são pesadas e nem sempre é fácil manter tudo em dia. 

Para quem mora em condomínio, além de todos esses custos, essa conta é somada pela taxa condominial, que é obrigatória e serve para dividir as despesas gerais entre os moradores.

No entanto, por motivos diversos, os moradores podem deixar de pagar essa taxa, levando o condomínio a lidar com a inadimplência. Se você é síndico, sabe que esse está entre os desafios mais comuns que surgem em um condomínio.

Para se ter uma ideia, a taxa média de inadimplência condominial no Brasil é em torno de 15%. Ainda assim, esse número pode ser ainda maior, chegando a até 50%. Então imagine o prejuízo que percentuais como esse podem trazer para o orçamento do condomínio!

Infelizmente, a falta de pagamento da taxa de condomínio pode trazer consequências tanto para o morador inadimplente quanto para o condomínio, que tem as finanças comprometidas com a restrição orçamentária.

Afinal, a taxa condominial não paga por moradores serviria para ratear despesas, como folha de pagamento de funcionários, água, luz e serviços de manutenção do condomínio

Quando esse dinheiro não entra em caixa, é preciso arcar com as obrigações do condomínio de alguma forma.

O que fazer quando a inadimplência é alta?

Quando o índice de inadimplência é alto, na maioria das vezes, a solução é aumentar a taxa de condomínio para os demais moradores. Ou seja, quem está em dia acaba sendo prejudicado e precisa pagar a conta, também, de quem está inadimplente.

A partir dessa medida, outros problemas podem surgir para o condomínio. Afinal, o síndico passa a ter que fazer a cobrança da taxa de condomínio atrasada dos moradores inadimplentes e lidar com a insatisfação dos moradores que pagam em dia

Isso significa lidar com conflitos de relacionamento que sequer têm prazo para serem resolvidos, levando a um enorme desgaste para o síndico.

Em alguns casos, quando a situação é resolvida de forma amigável, é feito um acordo para a quitação da dívida do morador. Mas, quando não há acordo, ainda é preciso contratar um advogado e entrar com uma cobrança judicial.

Ou seja, mais custos e mais desgaste. Isso porque o processo pode levar bastante tempo, apesar de resultar no pagamento da dívida ou na penhora do imóvel. Só que depois ainda é preciso descontar custas judiciais e honorários do advogado, que são de 20% do valor em média.

O impacto da inadimplência condominial

Além disso, pode acontecer do condomínio precisar fazer uma reforma urgente, por exemplo, por conta de situações que impactam diretamente a vida dos condôminos. Como é caso de quando um portão estraga, um elevador para de funcionar ou um cano está vazando.

Esses são só alguns exemplos de casos em que não dá para esperar e que o condomínio precisa de recursos urgentemente e não possui.

Outra situação comum e que impacta a saúde financeira do condomínio é a folha de pagamentos dos funcionários

Se não há um fundo reserva para situações emergenciais, a inadimplência pode comprometer o pagamento de profissionais internos do condomínio e gerar problemas trabalhistas maiores.

É claro que nenhuma dessas situações é agradável, a não ser que o condomínio já conte com o serviço de uma garantidora de crédito condominial que garanta antecipação de receita

Assim, a falta de pagamento e o alto índice de inadimplência não trazem tantos problemas para o orçamento do condomínio. Vamos conhecer um pouco mais desse serviço?

O que é uma garantidora de crédito condominial

Primeiramente, vamos entender melhor o que uma uma garantidora de crédito pode fazer para salvar o condomínio dos problemas orçamentários e os motivos que podem levar a precisar desse serviços.

A garantidora de crédito condominial oferece a chamada cobrança garantida de condomínio. Ou seja, essas empresas assumem a cobrança da taxa condominial, liberando o síndico dessa tarefa, e repassam para o condomínio o valor integral das taxas, por mais que elas não tenham sido pagas por todos os moradores.

Ou seja, o condomínio tem a garantia de que terá o valor previsto para arcar com o planejado e de que os moradores inadimplentes serão cobrados pela própria garantidora de crédito condominial. Esse serviço é chamado de cobrança garantida.

Em resumo, uma garantidora de crédito condominial oferece tudo o que é relacionado a cobrança, incluindo:

  • Emissão de boletos da taxa de condomínio para os moradores;
  • Repasse integral das taxas, antecipando os valores referentes aos inadimplentes;
  • Cobrança dos atrasados, seja amigável ou judicial;
  • Transferência dos valores para o condomínio;
  • Geração de relatórios contábeis.

Quais são as vantagens de contar com uma garantidora de crédito condominial?

Se o seu condomínio tem problemas com inadimplência, a contratação de uma garantidora pode trazer muitos benefícios.

O principal deles é que a antecipação de receita permite que o condomínio tenha fluxo de caixa integral e previsível

Dessa forma, você pode fazer todo o planejamento para o condomínio, pagando as despesas do dia a dia, e até mesmo um conserto simples e que não fuja tanto do orçamento.

Além disso, com a verba em mãos, o condomínio não precisa cobrar taxas extras dos moradores, algo comum quando há inadimplência e que acaba sobrecarregando quem já paga em dia.

Aliás, outro ponto importante é que o processo de cobrança deixa de ser uma preocupação do síndico e passa a ser responsabilidade da garantidora de crédito condominial. Isso é importante especialmente quando falamos em síndicos moradores, já que a situação pode gerar problemas de relacionamento entre os envolvidos.

Sem contar que, com a cobrança feita por uma empresa especializada, o síndico evita o desgaste em relação a processos judiciais. Por contarem com estrutura financeira robusta e advogados próprios, as garantidoras lidam com a situação de maneira mais tranquila e estável.

Conheça a Villaro Condominial

A Villaro Condominial, empresa do Porter Group, é uma garantidora de crédito condominial que oferece adiantamento de fluxo de caixa.  

Esse adiantamento pode ser total ou parcial, dependendo do índice de inadimplência do condomínio. Com isso, é possível garantir a pontualidade dos pagamentos do condomínio.

Além disso, ela garante cobrança especializada para uma melhor gestão das finanças condominiais e total assessoria nesse segmento em todo território nacional.

Vantagens de contar com a Villaro

  • Receita garantida – receita do condomínio fica em dia e elimina a penalização do condômino pontual, acabando com o rateio dos valores dos inadimplentes.
  • Cobrança especializada – o síndico fica tranquilo pois sabe que vai receber a totalidade de sua receita, tendo mais tempo para dedicar-se à gestão do condomínio.
  • Bem-estar – sem desconforto das cobranças, criando um ambiente mais harmônico e com mais tempo para investir em outras necessidades do condomínio.
  • Estabilidade – com a garantia da receita o síndico, ou a administradora, ajusta o fluxo de caixa, gerando estabilidade na hora de planejar e administrar.
  • Apoio – tire dúvidas sobre questões jurídicas do dia a dia do condomínio e previna conflitos entre condôminos.
  • Comodidade – os boletos podem ser pagos na rede bancária ou via internet.

Gostou? Conheça mais sobre a Villaro agendando uma apresentação online.

Quero conhecer o serviço de garantidora da Villaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre-se para receber atualizações