Novidades para condomínios que ajudam a otimizar o trabalho e otimizar despesas

Fique por dentro das novidades para condomínios e como a tecnologia pode tornar o trabalho do síndico mais fácil.

As transformações tecnológicas já fazem parte do nosso cotidiano e a tendência é que soluções disruptivas fiquem populares cada vez mais rápido. Apesar deste tipo de inovação gerar certa apreensão, elas trazem um horizonte de facilidades e conforto, inclusive para o setor condominial. Hoje, já são inúmeras as novidades para condomínios

Neste artigo, falaremos sobre tendências e realidades que, se não fazem parte da sua rotina como síndico, logo deverão fazer. Confira e fique por dentro!

Conheça as principais novidades para condomínios

Condomínio-clube

Muitos empreendimentos novos têm apostado no conceito de condomínio-clube, que contempla diversas atrações para reter os moradores, oferecendo soluções de conforto.

Entre as estruturas de lazer oferecidas nesses ambientes, estão lavanderias, pet shops, pequenos mercados, espaços de beleza ou vending machines (máquinas de snacks e bebidas), por exemplo.

Carregadores para veículos elétricos

Novas obras dos grandes centros urbanos também têm apostado em carregadores para veículos elétricos (carros, scooters e patinetes). Os demais condomínios terão que se adaptar para essa demanda, que não parará de crescer.

Esse ajuste envolve rever infraestrutura, estabelecer regras de uso e definir como deve ser cobrado o consumo de energia (rateado para todos ou medindo consumo individualizado).

Locação de curta temporada

Outra situação que deve se intensificar é a dos aplicativos de locação de curta temporada, como o Airbnb. Está cada dia mais comum esse tipo de locação e os condomínios devem estar preparados para essa demanda. O cenário exige jogo de cintura de síndico e administradora para lidar com as possíveis reclamações de moradores.

Elevador delivery

Os condomínios também estão se adaptando para tornar mais prático um hábito muito comum entre os moradores, que é pedir comida em casa.

Por causa de serviços de aplicativo, como o iFood, essa demanda tem crescido, levando os condomínios a adotarem o conceito de elevador delivery. O morador não precisa descer até o térreo: o entregador deixa o pedido no elevador (tipo monta-carga).

Economia compartilhada

As soluções para economia compartilhada também devem se multiplicar. Espaços de coworking, de cuidados para pets e ferramentas de comunicação interna para divulgação de serviços prestados por moradores são alguns exemplos.

Uma empresa oferece serviço de lavanderia compartilhada para condomínios e a iniciativa é considerada um sucesso de mercado, podendo estimular grandes empresas de outros ramos de negócio.

Portaria remota

O serviço de portaria remota traz inúmeros benefícios para os condomínios. O argumento vai além da otimização das despesas condominiais. Esse tipo de serviço oferece mais segurança, já que há um grande controle de acesso e monitoramento completo das entradas e saídas – incluindo as áreas comuns e de lazer.

Para o acesso de moradores, é possível contar com tags, biometria, senhas e controles anti clonagem, além de um botão de pânico para emergências. E pelo celular, o condômino pode autorizar a entrada, inclusive previamente, disponibilizando QR Code para convidados, prestadores de serviço ou entregadores. 

Automação de tarefas por meio de internet das coisas

Tema de ficção científica pouco tempo atrás, a automatização de tarefas chegou aos lares brasileiros. O módulo IoT auxilia síndico e zelador na gestão de afazeres que antes dependiam de deslocamentos pelo condomínio e agora podem ser feitos remotamente.

Por exemplo, acionar a bomba d’água da piscina, controlar o nível da caixa d’água, liberar o acesso a lixeiras e programar o funcionamento do exaustor da churrasqueira. Vale destacar que, em breve, será fácil encontrar soluções com comandos de voz em português, com a Alexa, da Amazon. Consegue imaginar a praticidade desse recurso?

Recursos digitais na nuvem

A gestão condominial tem sido otimizada pelos recursos digitais, com arquivos em nuvem, deixando obsoletos armários e papeladas. Eles também facilitam o diálogo on-line entre síndico e administradora.

O papel do síndico profissional, a propósito, ganha força à medida que ele se entende bem com a tecnologia e consegue resolver demandas cotidianas à distância. 

Em uma seleção natural, aqueles que não souberem agir com transparência diante de moradores conectados terão vida curta nessa função. E os mais preparados estarão prontos para dialogar com administradoras 100% digitais.

Soluções de automação e outras novidades para condomínios

Módulo de automação

A IoT (Internet das Coisas, ou Internet of Things, em inglês) é um conceito que representa a conexão da internet com objetos, como eletro-eletrônicos, permitindo controlar esses itens remotamente.

O módulo IoT by Kiper, do Porter Group, garante a automação no controle de ar-condicionado, bombas d’água, bombas de piscina, iluminação e outros elementos. Essa é considerada uma das principais novidades para condomínios.

O módulo conta com quatro entradas para dispositivos como sensores, chaves ou botões, e quatro saídas para acionamento dos dispositivos que se queira controlar. Esses são alguns exemplos simples de aplicação, mas podem ser inúmeras as possibilidades.

Com isso, se antes o “ligar e desligar” de todos esses equipamentos era feito pelo porteiro, agora pode-se monitorar e acionar de forma remota essas aplicações. Além disso, é possível acionar esses mesmos itens de forma automática por meio de agendamento.

Por exemplo, você pode programar para as luzes da piscina serem acendidas às 20h e apagadas às 6h nas segundas e quartas, por conta de um evento específico que ocorre nessas datas. 

Ou, ainda, realizar o acionamento automático por meio de um sensor. Por exemplo, se o sensor de nível de água for acionado, então é ligada a bomba de sucção.

É importante ressaltar que, em caso de falta de luz ou perda de sinal de internet, o sistema continua operando normalmente, pois não perde as suas configurações automáticas. Isso é possível desde que exista um sistema de gerador ou baterias, um recurso que está sendo amplamente utilizado em condomínios para proporcionar mais conforto e segurança aos moradores.

Locker

Uma das resistências dos condôminos na hora de implementar um sistema de portaria remota diz respeito a algumas funções feitas pelo porteiro para além do controle da portaria. Uma delas é a de receber entregas para os condôminos.

Por isso, o Porter Group desenvolveu uma solução para este problema: o Kiper Locker, que está entre as principais novidades para condomínios. Trata-se de um armário inteligente que possibilita o recebimento e o armazenamento de encomendas e entregas de forma prática e segura.

Ele funciona da seguinte maneira:

  • o entregador ou zelador pode deixar as correspondências ou mercadorias em um locker com fechadura eletrônica;
  • imediatamente, o morador recebe informação sobre o recebimento pelo aplicativo de acesso ao condomínio;
  • o condômino abre o locker com o QR Code, o mesmo usado para acessar e sair do condomínio.

No aplicativo, o código é alterado de tempos em tempos, para proporcionar ainda mais segurança. Isso garante muito mais comodidade do que depender de um funcionário para receber e organizar as entregas dos moradores.

Totens veicular e de pedestre

O uso de totens para o acesso de veículos em shoppings centers e edifícios comerciais é bastante comum, por ser uma forma bastante segura de fazer o controle da entrada e saída de automóveis nestes locais.

O Porter Group trouxe essa novidade para condomínios não só para o controle de acesso veicular, mas também para o de pedestres, oferecendo mais segurança para a passagem de pessoas e veículos no prédio.

O totem de acesso veicular libera o motorista de precisar sair do automóvel para acionar a portaria ou fazer a leitura do QR Code de acesso, diminuindo a vulnerabilidade de moradores e visitantes ao acessar o condomínio.

Os totens de pedestres também podem ser usados para acesso à piscina, academia e outras áreas do condomínio.

Alertas e controles inteligentes

Em um condomínio, é muito comum que, em algum momento do dia, alguém passe por uma porta ou portão e acabe deixando-o aberto. Se não houver um sistema de portaria remota, isso pode ser perigoso, já que possibilita que alguém estranho acesse o prédio.

Para atender a essa demanda, a Porter Group oferece em seu sistema informações sobre esse tipo de situação, de portas que não abrem ou não fecham.

Por exemplo, se um comando de abertura de porta foi acionado e a porta não abrir após 15 segundos, o sistema gera um alerta para o atendente, que pode fazer a abertura remotamente.

O mesmo vale para o fechamento de portas: após uma ser aberta, ela tem até dois minutos para ser fechada. Caso isso não ocorra, o sistema gera um alerta para o atendente, que tomará as medidas de contingência.

Além de estar entre as grandes novidades para condomínios, essa solução garante mais segurança e conforto.

Todas essas novidades para condomínios têm como foco a garantia da segurança pelo controle rigoroso do acesso, sem perder a comodidade e as facilidades que o sistema permite, além de gerarem uma economia de até 50% nos custos com portaria.

Para saber mais sobre portaria remota e como ela pode ser útil no seu empreendimento, confira este conteúdo completo:

Tudo o que você precisa saber sobre portaria remota

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se para receber atualizações