A Sociedade 5.0: O Futuro chegou – por Odirley Rocha

Descubra como surfar na tendência da Sociedade 5.0 e entenda como a sustentabilidade é um dos pilares mais importantes dessa novidade.

Você já ouviu falar da sociedade 5.0?

Em Janeiro de 2016, o governo Japonês criou um documento que seria o plano básico de ciência e tecnologia até 2021. Esse plano tinha um termo chamado sociedade 5.0. 

Dessa forma, surgiu o termo que vem inspirando outros países a não olhar para a tecnologia como algo que pode dominar o mundo e substituir empregos, mas olhar pela perspectiva da sociedade humana. 

Nesse documento, o governo Japonês mostrava como a sociedade poderia tirar proveito de tudo isso que estava chegando. 

Nesse sentido, a sociedade 5.0 traz 3 valores principais que podem facilitar a interconexão com a tecnologia.

O morador 5.0 estará preocupado com

  1. Sustentabilidade
  2. Qualidade de vida
  3. Inclusão. 

Hoje vamos falar sobre o primeiro pilar: A sustentabilidade:

Vejamos algumas alternativas que já estão dando certo nos nosso condomínios:

IPTU Verde, você já tinha ouvido falar?

Antes de mais nada, é importante lembrar que o IPTU é a maior fonte de arrecadação dos municípios brasileiros.

Em várias cidades, as prefeituras estão abrindo mão dessa arrecadação e dando bons descontos para pessoas físicas ou jurídicas.

Por vezes, esse desconto pode chegar em até 100%, em locais que possuem imóveis com inovações sustentáveis, como:

  1. painéis solares fotovoltaicos;
  2. iluminação natural;
  3. quintais permeáveis;
  4. coleta da água da chuva;
  5. reaproveitamento de resíduos;
  6. utilização de pavimentação permeável.

As construtoras já estão de olho nisso e estão procurando lançar empreendimentos bem mais sustentáveis. 

O IPTU verde pode ser concedido para novas construções e para reformas.

Algumas cidades que já tem o IPTU verde: Salvador (BA), Lajeado (RS) Guarulhos (SP) Tietê (SP), Campos dos Jordão (SP) Goiânia (GO) Colatina (ES).

Imagine o bem que você estará fazendo para a natureza e para os moradores do seu condomínio, além de colaborar para a economia financeira também.

Lixo Eletrônico no condomínio

Não seria exagero dizer que todos os dias jogamos fora muito dinheiro, que chamamos de lixo. 

Você sabia que 53,6 milhões de toneladas de lixo eletrônico foram geradas em todo o mundo em 2019, segundo The Global E-waste Monitor 2020 da ONU e só em São Paulo estima-se que é gerado por dia em torno de 130 toneladas desse tipo de lixo. 

Que tipo de lixo são esses:

  1. rádios;
  2. fontes ou baterias;
  3. celulares ou notebooks;
  4. televisores ou monitores.

Fico imaginando quanto disso tem origem nos nossos apartamentos?

Com esse pensamento foi procurar algum projeto que poderia auxiliar os moradores do condomínio e achei a Cooperativa Coopermiti Reciclagem. 

O projeto começou em 2007, porém nos últimos vem conseguindo um forte crescimento, existem inúmeros pontos de coletas espalhados pela cidade de São Paulo. 

Hoje eles já reciclam em torno de 40 toneladas mês, bora criar o dia do LIXO ELETRÔNICO no condomínio?

Você estará ajudando a natureza, e beneficiando os cooperados da Coopermiti.

Reaproveitamento da Água – Aqui gostaria de dar dois exemplos:

  1. Mais simples de aplicar no seu condomínio é aproveitar a água da chuva e criar uma estrutura com captação com reservatórios e para os seguintes fins: limpeza das garagens, calçadas.

Além disso, existe um projeto de lei no senado que poderá tornar obrigatório isso no condomínio. 

  • 2. Gostaria de citar uma Lei em Niterói que obriga prédios maiores de 500 m2 a terem o reaproveitamento da água que vem do: chuveiro, pia do banheiro, do tanque e da máquina de lavar.

Elas são descartadas numa tubulação que leva para um reservatório onde ela é tratada e volta para o condomínio.

Em cada andar na área comum tem uma torneira para esse uso geral e também nas áreas comuns no térreo do condomínio para as limpezas em geral. 

Acima de tudo, creio que não precisamos de leis para se preocupar com o reaproveitamento da água nos nossos condomínios.

Nesse artigo, citei alguns exemplos que podem fazer a diferença no seu condomínio e na natureza, bora aplicar alguns deles nos próximos meses no seu condomínio?

No Próximo artigo irei falar sobre outro pilar do Morador 5.0 que é a qualidade de vida. 

Até a próxima!

Confira meu outro artigo no blog: Não Espere O Futuro Chegar Para Fazer O Seu Condomínio Valorizar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

iStock-1178761712-[Convertido]
Cadastre-se para receber atualizações